• governo cachoiera
  • corona governo
  • CLINICA PICOENSE DE RADIOLOGIA
  • Machado TOPO
Desaparecido

Homem que teve carro carbonizado na PI 130 está desaparecido há 19 dias

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP está em busca de identificar duas pessoas que foram vistas conversando com a vítima, dentro do veículo do caminhoneiro, pouco tempo antes de seu carro ter sido localizado carbonizado na zona sul de Teresina

Fonte: GP1 14 fevereiro 2020 9:26

O paradeiro do caminhoneiro Marcos Sá, de 38 anos, ainda é desconhecido. Segundo a família, ele desapareceu na tarde do dia 24 de janeiro, sem deixar explicações. O carro que era conduzido por Marcos foi encontrado carbonizado na manhã do dia seguinte, na PI 130, no Povoado Cerâmica Cil, zona rural de Teresina.

Em entrevista ao GP1, o delegado Francisco Costa, o “Barêtta”, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), afirmou que o caso ainda está sendo investigado, mas por se tratar de um trabalho com muitos detalhes, não pode revelar nenhuma informação. “Nós ainda estamos investigando, mas a operacionalização da investigação ainda não pode ser revelada. O sigilo nesse caso é essencial. O fato é que ele continua desaparecido”, disse o delegado.

Elciano, irmão de Marcos, contou que a situação vivida pela família é como um “velório diário”, uma angústia coberta por incertezas e a única coisa que os familiares ainda se apegam é em Deus.

“Estamos esperando as investigações avançarem, porque até agora nada foi nos repassado. É uma pena, estamos aqui praticamente em um velório que já perdura por quase 20 dias. É algo indescritível. Estamos sem chão, não caiu a ficha ainda. A única coisa que ainda podemos fazer é pedir a Deus uma solução”, lamentou o irmão.

Investigação

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP está em busca de identificar duas pessoas que foram vistas conversando com a vítima, dentro do veículo do caminhoneiro, pouco tempo antes de seu carro ter sido localizado carbonizado na zona sul de Teresina.

Ligação

A Polícia Civil revelou que a esposa de Marcos Sá afirmou que ele havia recebido uma ligação e que logo em seguida saiu de casa com destino a Vila Irmã Dulce, também na zona sul da Capital. Essa informação servirá para tentar estabelecer ou não alguma relação entre a pessoa que o chamou para um possível encontro e aquelas que foram visualizadas conversando com ele dentro do carro no dia do desaparecimento.

Publicidades

  • faculdade rsa noticias
  • Armazem do povo noticias
  • mamba noticias
  • ki preço noticias

Deixe seu comentário